Mensagem

Este é o o Site de Carlos Paiva. Espero que o mesmo tenha o conteúdo que você espera, não só como minha divulgação como Escritor mas como maneira de apresentar material de interesse e pesquisa de uma forma geral.
Que as pessoas que acessarem este Site encontrem muito de interesse e de seu gosto. É o que deseja Carlos Paiva.

O Caminho está aberto!

 
Foto: Carlos Paiva
 

 

LIVROS PUBLICADOS

 

São 5
os livros publicados
por
Carlos Kalibã.
Muitos fumam por uma vida e nem sabem como e porque começaram. Em determinado momento o que era prazer, começa a incomodar. A saúde dá sinais de alerta. Surgem planos para deixar o vício de fumar. O corpo avisa. Chega a hora da decisão. É preciso parar.
Se você quer parar, vai encontrar aqui muita coisa boa para ajudá-lo. Considere o livro um bom investimento. Afinal, o custo dele é semelhante a apenas uma caixa de adesivo de nicotina.
Carlos Kalibã apresenta as suas três obras em um só volume.
EDIÇÃO PROMOCIONAL A PREÇO REDUZIDO.
As obras nele apresentadas são:
O ANJO DA MANHÃ
POEMAS DO ANJO
MISCELÂNEA

 

   
A voz de um anjo. Uma loucura sadia. Receber. Entender. Agradecer. Transmitir.
Quem ensina é Deus. Os anjos são portadores de recados divinos.
Os textos foram inspirados por um anjo. São textos para deleite e diversão, mas que também incluem elementos que podem ajudar construção de uma vida melhor e mais feliz...

Uma coletânea de contos, crônicas e ensaios que levarão ao leitor um mundo de situações do cotiniano ou da imaginação, trabalhados em palavras, idéias e textos.
Criatividade e arte literária, de um autor novo mas de um potencial inesgotável.
Nunca é demais ler um boa história. Uma coleção delas é muito melhor.

Uma coletânea de pouma coletânea de poemas inspirados pelo Anjo da Manhã e pela Musa do Poeta.

Para quem aprecia bons poemas.m aprecia bons poemas.

 

 
O JARDIM MÁGICO
de Carlos Kalibã
publicado no livro "O Anjo da Manhã"

“Relações.
Vida em comum.
Individualidades.
O eu, o meu e o nosso.”

Eles se encontraram. No princípio nada havia. Aos poucos foram plantando naquele terreno. Uma plantinha aqui, outra plantinha ali. Cada qual contribuía para a formação daquele jardim.
Ele plantou um canteiro de margaridas. Ela plantou um de jasmins. Ele plantou rosas e ela, manjericão. Grama-pelo-de-urso, orquídeas e um grande número de plantas lindas e maravilhosas.
O jardim surgiu, então, de onde nada havia. Ficou muito bonito. Os dois cuidavam dele e o mantinham sempre limpo e arrumado.
O tempo passou e outros interesses apareceram na vida dos dois. O jardim começou a ficar esquecido. Não era cuidado como no início. Foi ficando feio. O mato crescia, e umas plantas invadiam o espaço das outras, criando conflito.
Eles tinham o hábito de cuidar das plantas que tinham plantado. Entretanto, cada um cuidava daquelas que tinha colocado no solo com as próprias mãos. Nunca ele sequer tocara numa planta que ela tivesse plantado, nem ela nas plantas por ele plantadas.
Naquela manhã, ela resolveu cuidar do jardim. Podou e limpou as suas plantas como era de costume. Quando olhou para o jardim, depois de terminado o serviço, notou que continuava feio. Era lógico o motivo: "Ele não tinha cuidado de suas plantas." Ela, então, pela primeira vez, pegou a tesoura de poda e iniciou a limpeza de uma das plantas dele. Que surpresa! A ferramenta em suas mãos não cortou o ramo que crescia desordenadamente. O movimento foi feito, mas era como se a planta fosse apenas uma imagem. Ela pegou a planta, mas suas mãos se fecharam sem sentir nenhum contacto. Com muito espanto ela descobriu que as plantas dele não eram materializadas para ela. Não conseguiria jamais que o jardim voltasse a ser bonito se ele não cuidasse de suas próprias plantas.
Assim, o jardim passou a ser tratado por um deles, na medida em que tinha tempo, e de forma desordenada. Até que chegou a um estado que não teve mais jeito. Mesmo conscientes de que o fruto de sua união dependia inteiramente da dedicação dos dois, mesmo que tentassem esporadicamente salvá-lo, ele se perdeu.
Cada um foi procurar outra pessoa e outro local para começar outros jardins.

Carlos Paiva indica:
   
Saudações!!!
Carlos Paiva
agradece a sua visita
.

 

 

 

 

Recebi e COMPARTILHO
Vale a pena ler e salvar. Muito bom! Uma preciosidade do Mestre Gurdjieff!
TESTAMENTO DE GURDJIEFF A SUA FILHA REYNA D´AS

 
Direitos Reservados